Buscar
  • Daniel Lopez

Bolsonaro e a revolução conservadora

Enquanto a esquerda se considerava soberana no poder, confiante em sua habilidade estratégica (em grande parte calcada no plano revolucionário do filósofo socialista italiano Antonio Gramsci), a direita se preparava para retomar as rédeas da história. Sem que percebessem, militares, intelectuais, filósofos, profissionais de mídia e um grupo de youtubers ousados começaram a desenhar uma revolução conservadora sob as barbas de Karl Marx.


De onde ninguém acreditava, surgiu uma voz, uma potência, uma tsunami. Sem dinheiro ou apoio da mídia e lutando contra o sistema político, o crime organizado e, pasmem, até contra terroristas, essa voz contava com o apoio do povo brasileiro, tendo como arma a internet, as mídias sociais e nada mais do que a verdade.


Esse movimento que, nas Jornadas de Junho de 2013, mostrou sua primeira manifestação, tomou forma e evoluiu para uma operação que derrubou gigantes do mecanismo e se materializou em alguns avatares, que prenunciavam a concretização desse projeto.


O mensalão produziu o primeiro avatar: o então presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa. Depois veio a Operação Lava-jato, que nos trouxe o segundo avatar: o juiz Sérgio Moro. Mas a materialização dessa luta contra a mentira, tendo como arma a verdade, ocorreu onde poucos enxergavam potencial. Do baixo clero, dos meandros da Câmara dos Deputados, surgiu uma voz que a mídia, o mecanismo do poder e nem uma facada mortal puderam silenciar.


Jair Messias Bolsonaro fez o que ninguém achava possível: feriu o mecanismo. Foi quase morto e ressuscitou para comandar a maior revolução democrática que o Brasil já contemplou. Ele reuniu os avatares remanescentes (o primeiro, do mensalão, se mostrou menos vigoroso do que se imaginava) e montou uma liga que está fazendo tremer não apenas Brasília, mas a Venezuela, o Irã, o extremismo islâmico e o crime organizado internacional.


Com o apoio de Israel e de ninguém menos do que o presidente Donald Trump, o Brasil se prepara para trilhar o caminho das potências mundiais.


Precisamos, porém, vencer de vez o mecanismo, o crime organizado e o terrorismo. Mas, com o povo ao seu lado e com Deus acima de todos, ninguém poderá deter essa revolução que apenas se inicia.


Você é parte deste processo, e precisa se envolver neste movimento. Eu quero ajudá-lo a entender o que está acontecendo e compreender seu papel neste momento crucial e ímpar da história de nossa nação.

930 visualizações12 comentários

Posts recentes

Ver tudo

marxismo desmascarado

“Luta” (em alemão, “kampf”) é um dos termos mais utilizados por Karl Marx no “Manifesto do Partido Comunista”. Luta contra o que? Segundo ele, contra a exploração do pobre pelo rico. Qual seria a caus

DESINFORMAçÃO

Há várias maneiras de mentir para o público. A forma mais celebrizada é o que hoje ficou conhecido como “fake news”. Significa apresentar a mentira sem qualquer melindre. Agora, quando a informação fa

a mentira do desarmamento

Há momentos em que a manipulação midiática atinge níveis ao mesmo tempo inaceitáveis e ridículos. Por exemplo, no último atentado que houve na Nova Zelândia, quando um idiota massacrou dezenas de pess

  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

© Copyright 2018 • Daniel Lopez • Todos os Direitos Reservados